Novo centro de inscrição em Bissau

1 Julho 2024

Semlex Guiné-Bissau, uma subsidiária da Semlex, tem o prazer de anunciar a abertura de um novo centro de inscrição biométrica no bairro Bairro Antula em Bissau. Este desenvolvimento faz parte da nossa parceria público-privada com o Ministério da Justiça da Guiné-Bissau, em vigor desde 2006, com o objetivo de produzir cartões de identidade seguros da CEDEAO em conformidade com as normas internacionais da OACI.

Desde a implementação do sistema de cartões de identidade na Guiné-Bissau, estabelecemos um centro principal de produção em Bissau, Alto Bandim, e abrimos vários centros provinciais nas capitais regionais de Gabú, Buba, Bafatá e Catió, bem como nas cidades de Canchungo, Mansoa, Ingoré, Quinhámel e Bubaque. Em Bissau, já estamos presentes nos bairros de Bairro Santa Luzia, Bairro Militar e Bairro Ajuda. Com a abertura deste novo centro no Bairro Antula, continuamos o nosso compromisso de proporcionar serviços acessíveis à população.

Os cidadãos podem obter o seu cartão de identidade nacional em média dentro de 48 horas nos locais de inscrição da capital e em 7 dias para as capitais provinciais e outras cidades do país. Este rápido tempo de processamento é possível graças à nossa infraestrutura moderna e ao pessoal dedicado.

A Semlex Guiné-Bissau colabora com cerca de quarenta pessoas dedicadas a garantir inscrições biométricas de alta qualidade e a emissão de documentos seguros. Há mais de 18 anos, temos adaptado as nossas tecnologias para enfrentar novos desafios e a contínua modernização dos processos.

O sistema de cartões de identidade na Guiné-Bissau, gerido pela Direção de Identificação do Ministério da Justiça, baseia-se na inscrição biométrica e num sistema de deduplicação, permitindo a atribuição de um número de identidade único. Este número acompanha cada cidadão nos seus trâmites administrativos ao longo da vida.

Estamos orgulhosos de contribuir para a melhoria dos serviços de identificação na Guiné-Bissau e de participar ativamente na modernização das infraestruturas administrativas do país.